Mais Eventos

“JAZZ NA REAL VINÍCOLA”: CICLO DE CONCERTOS EM JULHO DÁ DESCONTO DE 50% NA EXPOSIÇÃO SOUTO DE MOURA

A Câmara Municipal de Matosinhos e a Orquestra Jazz de Matosinhos, com o apoio da Casa da Arquitectura, apresentam o ciclo de concertos “Jazz na Real Vinícola”, todos os sábados de julho. A entrada é livre, mediante a lotação do espaço e de acordo com as regras da DGS. Venha ouvir a OJM e aproveite para visitar a exposição “Souto de Moura – Memória, Projectos, Obras”, patente na Casa da Arquitectura, com 50% de desconto. O desconto só é válido para o fim de semana em que decorre o concerto e para quem for portador da respetiva pulseira.

 

A pulseira que dá acesso aos concertos pode ser levantada na Casa da Arquitectura, na Câmara de Matosinhos e no Posto de Turismo de Matosinhos, nos três dias que antecedem cada concerto. No dia dos espetáculos, a entrada na Real Vinícola tem de ser feita até meia hora antes do seu início.

 

O primeiro momento acontece já no dia 4, pelas 19h00, com o concerto “Viagem Pelos Tempos do Jazz: As Big Bands e o Jazz Moderno”, onde a OJM percorre a época do jazz contemporâneo, raramente abordada em retrospetivas do género, através da audição de obras para grande orquestra de jazz. De George Russell a Thad Jones, passando por Eddie Sauter, Oliver Nelson, Bob Brookmeyer, Ornette Coleman, Maria Schneider e Carla Bley.

Dia 11, também às 19h00, é a vez de Marta Ren voltar a partilhar o palco com a OJM. O álbum de estreia da cantora, “Stop, Look, Listen”, serve de ponto de partida embora também haja espaço para alguns dos seus clássicos favoritos.

 

A 18 de Julho, às 19h00, o palco é de João Paulo Esteves da Silva que tem um disco editado com a OJM, “Bela Senão Sem” (2013).  Canções sem palavras, as composições do pianista valem-se da musicalidade da língua portuguesa, de uma enorme criatividade melódica e retomam os caminhos imprevistos da improvisação.

 

No último sábado de julho, dia 25, pelas 22h00, será apresentado o filme-concerto “O Couraçado Potemkin”, uma encomenda da Casa das Artes de Famalicão, estreado mundialmente em outubro de 2019 no âmbito do Observatório de Cinema Close-Up. Realizado por Sergei Eisenstein, “O Couraçado Potemkin” é um filme mudo soviético que estreou em 1925 e apresenta uma versão dramatizada da rebelião ocorrida em 1905, onde os tripulantes do navio de guerra Bronenosets Potyomkin/O Couraçado Potemkin se revoltaram contra seus oficiais superiores.