Livro “Álvaro Siza: Desenhar a hospitalidade”, Nuno Higino


Autor: Nuno Higino

Edição: CASA DA ARQUITECTURA, 2010

 

APRESENTAÇÃO DO LIVRO:

“O presente texto, retirado, em boa parte, duma investigação de doutoramento apresentada na Faculdade de Filosofia da Universidade Complutense de Madrid em 2007, ensaia uma operação de transplante: toma o conceito de hospitalidade, geralmente associado ao terreno do ético, do político e do jurídico, e transfere-o para o campo do estético e, em particular, da criação artística. Guiado pelo estilo desconstrutivo de Jacques Derrida (1930-2004) faz anotações sobre a forma como reage a hospitalidade a este transplante. Não se trata dum exercício abstracto, pois é aplicado a um caso concreto: os desenhos de Álvaro Siza. Reflecte também sobre as questões prévias e de fundamentação: haverá alguma forma de legitimidade que suporte a deslocação dos marcos que delimitam os territórios do saber? Poderá o estético receber pacificamente e suportar a intromissão de um estranho no seu território?”

 NOTA BIOGRÁFICA DO AUTOR:

Nuno Higino (Felgueiras, 1960) é professor de filosofia e sociologia na Universidade Fernando Pessoa. É licenciado em Teologia e doutorado na área da Filosofia Estética com uma tese apresentada na Faculdade de Filosofia da Universidade Complutense, em Madrid, sobre os desenhos de Álvaro Siza, uma leitura a partir de Jacques Derrida. Integra a equipa de trabalho da Associação Casa da Arquitectura. Faz parte da direcção da Cooperativa Árvore e da Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto. Tem vários títulos publicados da área da poesia e da Literatura infanto-juvenil.