Mais Eventos

MALOCA, UM ABRIGO PARA BRINCAR; MALOCA, UM LAR PARA SAMBAR / SÁBADO, DIA 8, ENTRE AS 15H00 AS 18H00

A propósito da exposição “Infinito Vão” o Serviço Educativo, oferece atividades novas e vibrantes. Convidamos todos e todas a vir experimentar connosco. No próximo sábado, dia 8 de Dezembro, entre as 15h e as 18h vamos abrir a Maloca! Crianças, famílias, jovens e adultos, são todos bem vindos.

 

A palavra “maloca”, popularizada pelo cantor e compositor Adoniram Barbosa com a música “Maloca querida”, significa uma moradia simples, um lar ou um abrigo. Inspirada na instalação “Tropicália” (1967) do artista brasileiro Hélio Oiticica, ao som do samba, da floresta amazónica e rodeados de imagens de um jardim brasileiro, com materiais simples e coloridos, vamos construir a nossa maloca. No final criaremos um circuito labiríntico como em “Tropicália”, que será o resultado de todas as intervenções individuais.

 

Maloca, um abrigo para brincar; Maloca, um lar para sambar.
Oficina, Espaço Caleidoscópio
8 de dezembro, sábado, 15h-18h
Casa da Arquitectura
Crianças e Famílias
Gratuito