Sidh Mendiratta vence a 8ª edição do PRÉMIO FERNANDO TÁVORA

 
As casas-torre ou domus-fortis de origem portuguesa nos quatro territórios do antigo Estado da Índia, investigação de Sidh Daniel Losa Mendiratta, vence 8ª edição do Prémio Fernando Távora.
 
A  8ª edição do Prémio recebeu 30 candidaturas.
 
O Prémio é atribuído anualmente e é constituído por uma bolsa de viagem no valor de 6.000 euros para a melhor proposta de viagem de investigação.
 
O Anúncio foi antecedido por uma conferência proferida pelo Professor Investigador Alexandre Quintanilha, membro do Júri, com o tema “A viagem como esboço na busca do conhecimento”, e contou com a presença dos restantes elementos do Júri da 8ª edição: Arquitetos Jorge Figueira, Nelson Mota (nomeado pela Casa da Arquitectura), Ana Cristina Machado (em representação da OASRN) e Clemente Menéres Semide, designado pela família do Arquiteto Fernando Távora.

 

 
 
O Prémio é organizado pela OASRN Norte em parceria com a Câmara Municipal de Matosinhos, e Associação CASA DA ARQUITECTURA, com o patrocínio da AXA.
 
Mais informações em www.oasrn.org
CLOSE
CLOSE