Mais Eventos

SETE MESES DE ARQUITETURA, CINEMA, LITERATURA E MÚSICA

A Exposição “Infinito Vão” é o epicentro de uma vasta programação que durante sete meses, até abril de 2019, vai piscar o olho à arquitetura, à literatura, ao cinema e à música brasileiras.

 

Nos meses da janeiro e fevereiro, o património arquitetónico e documental, a industrialização, as infraestruturas e o legado da Escola Paulista vão estar em análise em várias conferências que vão trazer à Casa da Arquitectura um grupo de convidados de várias nacionalidades.

 

Abril de 2019 será o mês de Zuza Homem de Mello. No dia 11, o musicólogo e jornalista, especialista na história da Música Popular Brasileira, vai à Casa da Música dar uma aula ilustrada e musicada sobre 90 anos de música brasileira. No dia 13, é na Casa da Arquitectura que dá um concerto em conjunto com a Orquestra de Jazz de Matosinhos.

 

Uma conferência de Marcelo Ferraz, um debate sobre o “Brasil Atual” com Camila Pitanga, Celso Sim, Fernando Serapião, Guilherme Wisnik e Nuno Sampaio (moderação), incluem um vasto reportório de conversas e encontros que trazem até à Casa da Arquitectura nomes dos dois lados do Atlântico.

 

Entre os muitos que a Casa da Arquitectura vai receber encontram-se Eduardo Souto de Moura, Manuel Aires Mateus, José Arménio Cruz, Gonçalo Byrne, Danilo Santos de Miranda (SESC), Carla Juaçaba, José Miguel Rodrigues, Ana Vaz Milheiro, Maria Elisa Costa, Lars Muller, Barry Bergdoll (MoMA), Delfim Sardo, Fernando Melo Franco, Manuel Salgado, Mauro Munhoz, Pedro Baganha, Sérgio Magalhães, Andrey Rosenthal Schlee (IPHAN), Paula Silva (DGPC), Washington Fajardo,  Angelo Bucci, Nuno Brandão Costa, João Paulo Rapagão, Andrade Morettin e MAPA, Francisco Vieira Campos, Cristina Guedes, Inês Moreira, Carlos Alberto Maciel, Alexandre Delijaicov, Luís Santiago Baptista, Martin Corullon (Metro), Marta Moreira (MMBB), Álvaro Puntoni e Jorge Figueira.

 

Consulte aqui o programa detalhado: