OFICINAS NA CASA

laboratório dos sentidos
Esta oficina propõe um momento de exploração dos sentidos ativados na experiência do espaço: pequeno/grande, quente/frio, luz/escuro são algumas das sensações que vamos simular, mas também texturas, sons, cheiros, cores. Num elogio a todos os sentidos vamos compreender como a arquitetura tem um papel fundamental na gestão das nossas emoções e comportamentos.
Público recomendado: Pré-escolar*

 

 

os inventores do espaço
Esta oficina desenvolve-se em torno da escola enquanto objeto de estudo. Como fazem os arquitetos para a representar?
Conseguimos perceber a sua planta? Usando palavras, linhas, números, desenhos e cores vamos fazer um novo projeto da escola capaz de reinventar todo o espaço com muita imaginação!
Público recomendado: 1º/2º/3º ciclo*

 

 

arquiestruturas
Esta oficina pretende explorar a construção modular de objetos tendo como base o pensamento lógico-matemático das
estruturas geométricas. Através da soma de elementos vamos criar estruturas, geometrias, formas, padrões e planos. O resultado será um objeto complexo, composto por linhas, superfícies e desenhos que poderá ser pensado como uma maquete de um edifício.
Público recomendado: 1º/2º/3º ciclo*

 

 

imaginar o impossível
Inspirados em Buckminster Fuller, Yona Friedman e o coletivo Archigram, vamos construir imagens capazes de pensar numa nova ideia de arquitetura. Como pensar uma cidade para o futuro? Pode a arquitetura ter um papel ativo na defesa e preservação do planeta? Nesta oficina vamos ignorar todas as regras e imaginar o que não existe, o impossível, o ideal, o sonho. Com fotomontagens e desenhos o desafio é imaginar um mundo novo, redefinindo o que é, afinal, fundamental.
Público recomendado: 3º ciclo e Secundário*

 

 

visita-oficina à exposição
Estas são visitas orientadas de carácter dinâmico, que pretendem alternar entre a descoberta dos conceitos e das ideias
inerentes às exposições e pequenos exercícios práticos. Desenvolvem-se dentro do espaço expositivo e valorizam o diálogo, a curiosidade, a criatividade e a experimentação.
Público recomendado: 1º/2º/3º ciclo*

 

 

sazonais
Para os períodos não-letivos propomos um leque de atividades que combinam uma vertente cultural, explorando as exposições patentes e promovendo a aprendizagem não-formal, com uma vertente lúdica e oficinal, de experimentação, criatividade, partilha, convívio e diversão.

Natal, Carnaval, Páscoa, Verão

 

 

gratuita ao domingo
arquitetices
Dirigida a crianças em contexto de família, esta atividade ocorre nos espaços expositivos e oferece ao público infantil uma experiência mista de visita e oficina. A exposição é o ponto de partida para a criatividade, explorando materiais, testando ideias e resolvendo desafios.
3º Domingo do mês*

 

 

festas de aniversário
Nestas festas a arquitetura serve de território para a máxima criatividade. O aniversariante é nosso
convidado de honra numa aventura de mini arquitetos e artistas, entre desafios, jogos e muita diversão!*

 

 

*informações, reservas e condições no site www.casadaarquitectura.pt